terça-feira, 8 de Julho de 2014

12º Aniversário do NAT - S.Pedro Póvoa

Comemorámos mais um aniversário do NAT, o 12º, debaixo de condições pouco convidativas a banquetes ao ar livre. S. Pedro, já não é a primeira vez que brinca connosco e quis pregar-nos uma partida. Depois de adiarmos a festa para a semana seguinte, devido a previsões climatéricas impróprias para repastos ao relento , não é que chegámos ao dia e aguardava-nos   chuva e vento?
Mas, quando seria de esperar a malta em tristeza e desalento, todos encarámos esta festa com alegria, apesar do mau tempo. É um facto que quando a chuva apareceu, já estávamos um pouco em aceleração, motivados pelo cantar das garrafas do Ricardo e pela suavidade do nectar de predilecção, toda a gente apreciou com moderação…
Verificamos satisfeitos que, cada ano que passa, as nossas castas  sofrem um aprimoramento. Desde o "Bate Covas" do Sousa até às castas de vinhão puras do Professor Justo, é tudo tratado com talento. Branco ou tinto, verde ou maduro, há um dado que é seguro, mais cedo ou mais tarde, poderemos entrar em processo de avaliação porque depressa obteremos a certificação.
Para fazer face à crise financeira que teima em libertar-nos, a Direção do NAT pondera a possibilidade de se dedicar a outros ramos de actividade, tal o talento demonstrado por muitos sócios beneméritos que nos poderão render enormes créditos. Existem diversas hipóteses em carteira, desde abrir uma destilaria e vender o produto na feira, criar uma escola superior de enólogos, montar uma empresa para recolha de vidro (tal a quantidade de garrafas vazias…), criar uma divisão para trabalhar directamente com a PSP a testar protótipos em balões de controlo de álcool, etc.


A corrida de S.Pedro no dia seguinte, na Póvoa de Varzim, era o culminar deste dia festivaleiro. Como quem treina com afinco sempre quer ser  primeiro, o empenho demonstrado pelos nossos atletas foi demolidor. Não nos afeta o frio nem o calor nem qualquer outro tipo de dor. A maioria dos nossos atletas com o motor devidamente quitado na perfeição, a funcionar em sistema híbrido (branco e tinto) e sempre em potenciação, arrancaram para um resultado brilhante, onde bateram recordes em evolução constante.
Antes da bênção de S.Pedro...
Um amor inoxidável...
Alguns dos que acordaram a tempo para ir à prova...
Todos engaiolados...
Uma família unida...
Uma lebre de peso...
Sempre alegre....
Um final vitorioso...
Sou o maior, fui o 1º do NAT
Um casal afortunado...
A minha 1ª medalha...


RESULTADOS

FOTOS

Fotos Regionais de Pista


segunda-feira, 23 de Junho de 2014

Meia Maratona Guimarães 2014

Quase no término de mais uma época recheada com competições para todos os gostos, os nossos atletas enfrentaram mais um duro desafio, a II Meia Maratona de Guimarães. Devido ao enorme empenho da organização, o percurso desta edição sofreu consideráveis alterações, no sentido de não se perderem as particularidades que caracterizam esta prova, mas tentando conferir um maior grau de qualidade competitiva, relativamente aos resultados desportivos que se obtêm, objetivo que foi alcançado.
Os nossos atletas, com vaidade, patenteiam o seu poderio desportivo pelas ruas, estradas e vielas da nossa cidade. Apesar do fim de época que se avizinha, e do mau estado generalizado das canetas da maior parte das nossas vedetas, algumas já nem se seguram de tanto desgaste que se atiram para as valetas, no geral, conseguimos manter um alto patamar exibicional.
O Augusto Speeeed quase a vencer no seu escalão (perdeu para um marroquino), arrecadou mais uns trocos para a passagem de avião. Pode investir numas férias de sonho, ou então, …. abrir uma conta na Suiça.
Com a nossa Elisabete ausente, ainda em estágio…, o Presidente do NAT exigiu que alguém aparecesse para lutar com as feras lá na frente. A escolhida foi a Rosa Ferreira, que apesar de tentar um estratagema de último recurso para fugir à responsabilidade (atirou-se para o chão e pediu para ir ao hospital), o Presidente não foi em conversas e impeliu-a a correr… e lá foi obrigada a vencer! A mini dos 10 Km…
O restante pelotão do NAT comportou-se com elevação, acabaram todos em muito bom estado de conservação. O Afonso terminou bem, no final, sentado na cadeira a retirar o chip, não se verificava qualquer sintoma de coxear. Nos outros, não eram visíveis quaisquer sinais de cansaço…
O Gonçalo Lobo, a substituir o pai que se encontrava ausente a participar em mais uma etapa da volta à Suiça (foi chamado à última da hora para servir de lebre ao Rui Costa) fez os 10 Km em 48 minutos.
Estes brilhantes resultados por todos nós alcançados, não passam despercebidos. Alguns responsáveis da ProTour, de férias no Algarve, já ponderam a possibilidade de convidarem o NAT para participar nos principais Meetings da Liga Dourada.
Como reconhecimento pelo bom desempenho à frente do NAT (principalmente a gerir as Feirinhas), o nosso Presidente vais ser proposto para um cargo  ( mais um tacho) na Federação Internacional de Atletismo.
Mais uma participação de peso...
E´sempre bom ouvir os conselhos dos mais velhos...
Depois de uma época carregada de lesões, de volta às grandes competições...
Já substitui o pai na perfeição, mais uns danoninhos...
É fácil perceber que não custou nada...
O Presidente, devido a lesão, correu acompanhado pelo enfermeiro do NAT.
Estou numa grande forma, ainda vou conseguir mínimos para o Europeu...
Promovida de rota a vedeta.....
Um sorriso para a fotografia....
O prémio merecido pela grande prestação...

CLASSIFICAÇÕES

FOTOS

domingo, 15 de Junho de 2014

S.João Porto - 2014

Mais um S.João à porta, mais 15 Km nas pernas. É assim que os “Natenses” se  preparam para mais uma festa de arromba que se avizinha. Esta  corrida de S.João organizada pela Runporto, é sempre um festão. Para nós é já uma clássica.
Com o passar dos anos, por arte de fenómenos que escapam ao nosso conhecimento, as nossas pernas teimam em correr mais lento, tornando-se uma fonte do nosso descontentamento. Treinamos, sofremos, mas os tempos obtidos nada têm a ver com aqueles que pretendemos, e isso não percebemos!
Falta de nutrientes não é de certeza, basta olhar as nossas barrigas, uma beleza!
Desidratados não estamos!  Basta contar as garrafas vazias atrás da nossa barraca das feirinhas, encontramos de tudo, das brancas e das loirinhas. Parece que o NAT vai receber um prémio oferecido pelo dono do vidrão, tamanha é a recolha de vidro, nestes dias antes do S.João.
Estátua património do ... NAT
Os "Melros" na Corrida de S.João
Uma de "break" antes da prova dá sempre jeito...
Já arranha a cabeça, só de pensar no que se vai meter...
A voz da experiência a dar conselhos ao Presidente...
O segurança do NAT para a corrida de S. João...
Ainda agora comecei e já vou neste estado...
Não distraiam o homem, ainda tropeça...
Parece um lutador de wrestling... Bem precisa de ir ao assador para lhe queimar o pêlo...
Com tanta velocidade o cabelo ainda vai pelo ar... 
Margarida, meu amor...
Sr Presidente, que belo exemplo...



RESULTADOS

FOTOS



segunda-feira, 9 de Junho de 2014

Corrida Caldas das Taipas 2014

Concretizada a 9ª edição da Corrida Intermarché Caldas das Taipas, o balanço é muito positivo. Foi a primeira  vez  que o NAT assumiu a realização desta prova de atletismo.
Com cerca de 600 participantes, divididos entre caminhada e corrida, grandes e pequenos, novos e velhos, foi um domingo diferente em Caldelas.
Para o sucesso deste evento, muito contribuíram os nossos patrocinadores, principalmente o Intermarché Caldas das Taipas, a Junta de Freguesia de Caldelas, a Autocalibragem Silvar,  e muitos outros,  que de uma forma mais ou menos anónima, deram o seu importante contributo.
Um agradecimento especial à sempre simpática campeã Dulce Félix, que muito gentilmente acedeu ao convite para “amadrinhar” esta prova.
Quanto aos nossos atletas… são um espectáculo! O Presidente foi obrigado a alugar um pavilhão de 250m quadrados na Gandra, para guardar todos os troféus.  Não podemos esquecer que os bons resultados aqui obtidos, são fruto do bom trato que todos têm levado na barraquinha do NAT, na Feira das Associações.
O nosso Augusto Speeeedddd….., está num estado de forma tremendo. A correr em casa foi imbatível! Dizem que o espadal da nossa barraquinha contém um nutriente potente, que mesmo com uma carga de treino fraquinha,  corremos desalmadamente.
A Margarida “Afonso”, passou uma semana terrível sem saber para que lado cair. Uns pressionavam para que ela participasse na prova a correr , outros faziam pressão para que ficasse num canto a ver .
Mostrou garra e querer , fez a prova sempre sorridente,  no final, feliz e contente, recebeu os parabéns de toda a gente.  Ganhámos mais uma atleta.
A nossa professora Maria José também em estreia nestas andanças, aceitou o repto do marido que superou  facilmente, terminando a prova com cara de contente!
Aos nossos jovens uma palavra de incentivo, estudem  com afinco, treinem com dedicação sejam corretos e leais, e terão de todos a admiração.
São elas que nos alimentam.
São elas que nos hidratam.
Vai lá Isidro, só te falta é treino...
Sr Carlos, cada ano que passa os Kms ficam mais longos!!
Como vêm, não custa nada...
Acabou o "Ramadão", começa-se logo a ganhar dinheiro na estrada..
Não deixes de fumar não...depois arrastas-te...

O Fresco isolado... na frente...
O Mané não dá hipóteses...fica tudo para trás..
As nossas atletas do escalão jovem...
No final, reabastecemos as energias.....

MAIS FOTOS

CLASSIFICAÇÕES