quarta-feira, 12 de Novembro de 2014

COMUNICADO

Serve o presente comunicado para esclarecimento das dúvidas que persistem em alguns sócios e que questionam esta Direcção, relativamente ao facto do Augusto Costa estar a competir em representação de outro clube.
A Augusto, há algumas semanas atrás, informou a Direção do NAT que, a partir da presente época (2014/2015), pretendia participar nas competições em representação do NAT, mas envergando  uma camisola com patrocinadores próprios, que não os do nosso clube. O Augusto transmitiu-nos que, no caso da nossa decisão ser contrária à sua vontade, este iria filiar-se na Associação de Atletismo de Braga, como individual.

Depois de analisada esta possibilidade, a Direção convocou o Augusto para uma reunião, e discutimos a possibilidade de se enquadrar os seus patrocinadores particulares na camisola do NAT, mas mantendo sempre os patrocinadores oficiais do clube.
Em alternativa, propôs-se também colocar nos calções a referida publicidade.

Nenhuma destas ideias acolheu grande aceitação por parte do Augusto. No entanto, ficou de pensar e até final do mês de Outubro, data em que terminava o período de transferências (para individual ou para qualquer outro clube), nos daria a sua decisão.

No início de Novembro, a Direção do NAT tomou conhecimento da transferência do Augusto como a maioria dos sócios, pelo Facebook.

Apesar do Augusto correr actualmente em representação de outra equipa, faz questão de continuar sócio do NAT, como confirmou pessoalmente ao nosso Presidente.

Os nossos patrocinadores merecem todo o nosso respeito e consideração. Hoje seria o Augusto a correr sem a camisola do NAT, amanhã poderiam ser outros.

Para esta Direção, a camisola oficial do NAT é sagrada, e deverá ser vestida por todos nós, com orgulho e respeito.

domingo, 2 de Novembro de 2014

Maratona Porto 2014


Terminaram a Maratona do Porto mais de 4000 atletas! É um momento histórico em Portugal. Parabéns à organização, à Runporto do Sr. Jorge Teixeira, que com muito trabalho, dedicação e labuta à sua maneira, possibilitou à Maratona do Porto ser considerada a 1ª.
O NAT, como acontece tradicionalmente, participou nesta grande festa com muita gente, 14 maratonistas a correr com paixão e nos 16Km uma multidão. Fizemos a nossa festa como sempre sucede, quando corremos ou aplaudimos, sentimos respeito pela camisola que vestimos.
O nosso ponta de lança do ano passado, o Fontão, a recuperar da congestão na “barriga da perna”, não pôde participar. Possuído por uma esperança imortal, o Fontão nunca muda o começo e depois maleita no final. Desta vez ficou de fora, é para aprender, não faz mal…
Para compensar o desalento do marido, a Rosa Fontão  realizou uma grande prova. Apesar de não sabermos ainda o desfecho final da decisão dos juízes, uma vez que trocou de sapatilhas a meio do percurso e pode ser desclassificada por esta razão, vamos acreditar no bom senso dos homens e na sua absolvição. A rapariga pensa que isto é fórmula 1…
Devido à sobrecarga de trabalho burocrático que a presidência do NAT acarreta, o nosso Presidente, teimoso, não quis ir de bicicleta, com o pouco tempo disponível para treinar, acabou a maratona a arfar . Por outro lado, o seu mano mais novo acabou a penar, mas este já esta a aprender, em vez de acabar a correr terminou a caminhar.

Esperamos pelo crescimento dos nossos jovens, pela sua evolução, que se apeguem ao cube com coração e não troquem o NAT por um feijão. O futuro está nas suas mãos, serão deles os  grandes resultados, não são esperados milagres de quarentões inebriados .

Uma família a crescer...
Ó Sr Carlos, já não é fácil enfiar a agulha...
A reverem as táticas...
Paulinho em grande forma, a ultrapassar um camião...
Para já, tudo bem...
Que maravilha, isto não custa nada...
Sempre bem disposto, és uma máquina...uma moto serra...
Sou o Pedro, o enfermeiro...
Fazem dupla a correr, dupla a comer o pica no chão...
Não treines não, mais uma como esta és despedida...
Esse pneu não engana ninguém...
Muito concentrado na corrida...
Quando eu começar a treinar, ides ver... 
Meu Deus meu Deus, porque me abandonas-te...aos 40km
Estou irremediavelmente roto.... 
Grande prova, ainda vou entrar para a elite do NAT...
Vitória Sempre!!!
Um totalista da Maratona do Porto a chegar...
Outro totalista desta Maratona...
Finalmente, estou nas 3h30...
Tenho que ser eu a ganhar para a sopa, o Fontão não pode...
Sofro mas vou...
Ai Jesus, como eu fiquei...
Em plena recuperação...














segunda-feira, 27 de Outubro de 2014

Prova da Silva 2014

Terminada 34ª edição do Grande Prémio da Silva, o N.A.Taipas esteve representado nesta prova com uma delegação de 20 atletas.

Com o motor ao ralenti e liderados pelo nosso Presidente, apenas engrenando as velocidades nas subidas, os nossos maratonistas competiram em ponto morto, já com a cabeça na maratona do Porto, que se realiza no próximo domingo.

Numa prova onde já é tradição corrermos debaixo de grande temporal, estranhámos o bonito dia de sol que nem parece normal. Com o São Martinho a advir, só falta fazer o magusto na praia, ver as ondas a partir e as meninas de minissaia.

Quanto a resultados, o nosso Augusto Costa venceu mais uma vez o seu escalão, sempre muito concorrido. O Paulinho bateu  o seu recorde pessoal no 10 Km, com 38’39’’, o que revela já alguma evolução e brevemente estará em condições de substituir o pai Fontão.

Pelo caminho que vai, de lesão em lesão, o NAT será obrigado a chamar o Fontão a uma junta médica para retirar o homem da alta competição.

As nossas meninas quarentonas conquistaram o 2º lugar coletivo, o que não é mau, tendo em conta a lebre destacada para a prova… o Sousa, que, como todos sabem,  não se encontra na sua melhor forma de sempre. Este calor fora de tempo não lhe faz muito bem…
As estrelas da companhia ...
Quem me dera estar em forma...
Uns preocupam-se com a prova, outros com  penteado...
Desta vez não vou à nota...
Sempre em forma...
O Presidente já pressentia que o seu Braga ia ratar o Benfica...
O Sr Alberto numa ponta final terrível...
O Sousa a fazer de lebre...
O quarteto maravilha...

MAIS FOTOS

CLASSIFICAÇÕES SILVA 2014


segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

Meia Maratona Sport Zone 2014

Apesar de alguns atletas do NAT já terem iniciado a nova época na semana passada em Barcelos, podemos considerar a 8ª Meia Maratona Sport zone 2014, o arranque oficial da nova temporada do NAT.
Um excelente percurso por demais conhecido de todos, uma organização exemplar, muita gente a correr e ainda mais a caminhar. Esta meia maratona que arrasta multidões, apesar da chuva e da ameaça dos trovões, numa manhã cinzenta com o mar aos pulos no horizonte, nada impediu este amontoado de gente, de correr por cima e por baixo da ponte, sorridente.
Os nossos atletas depois do término das férias, numa tentativa frenética para reencontrar o ritmo competitivo apropriado, lá foram arrastando estrada fora o lombo, almejando as asas do pombo para devorarem os quilómetros de alcatrão sem  pousar o pé no chão.
Era visível o empenho, o sofrimento e a paixão com que todos enfrentaram mais esta competição. Outros, com os nacos de gordura amealhados nas  férias, à procura de camuflagem sob a camisola de competição, lá puxaram pela máquina até ouvirem o coração.
Com alguns recordes pessoais na algibeira (Nuno Martinho,  Dr Nuno e o Paulo), o NAT provou que tem em carteira atletas de enorme potencial,  e perspectiva-se como uma futura potência do atletismo a nível nacional.
 O Paulo, numa tentativa desesperada de reduzir o atrito provocado pelos 27 milhões de pêlos que tinha espalhados pelo corpo, foi à esteticista fazer a depilação. Foram preciso 20 quilos de cera, um dia de trabalho e uma anestesia geral,  mas resultou, parece um jovem de 18 anos . Agora já tem autorização para entrar no jardim zoológico sem correr riscos...de ficar lá preso. A última vez que lá foi, à saída, foi detido para interrogatório, para confirmarem que não tinha fugido da jaula dos macacos... 
 Mais importante, os nossos parabéns pelos longos 20 dias sem fumar. Com esta capacidade de entrega e resiliência será um atleta com muito para dar, basta ter paciência.
O Dr Nuno, a colher frutos  do estágio em altitude em que  participou com alguns atletas do NAT ( em Vila do Conde) neste verão,  bastaram  dois treinos com o Presidente e o Fontão para  o seu estado de forma sofrer grande evolução.
O Nuno Martinho, a atravessar um momento de forma invejável, foi promovido  pelo nosso Presidente a "olheiro" do NAT, e vai viajar até à terra do Maradona, Argentina, para assistir a algumas corridas, na tentativa de recrutar alguns jovens atletas para a formação e um "ponta de lança" para o  NAT. Consta-se que um sobrinho do Maradona (que detesta futebol) é jeitoso a correr…

A caminho de mais uma estafa...
Olhem para mim, pareço outro...
O amor é lindo...
Que tripla jeitosa...
Hoje não vai ser fácil entrar na massa...
Isto vai de mal...a pior...
O peso não sei, mas o volume aumentou um pouco......
Uma lebre de luxo...

Mais um recorde...

Quem te viu e quem te vê...todo depenado, vais passar frio no inverno...

MAIS FOTOS

CLASSIFICAÇÕES



terça-feira, 8 de Julho de 2014

12º Aniversário do NAT - S.Pedro Póvoa

Comemorámos mais um aniversário do NAT, o 12º, debaixo de condições pouco convidativas a banquetes ao ar livre. S. Pedro, já não é a primeira vez que brinca connosco e quis pregar-nos uma partida. Depois de adiarmos a festa para a semana seguinte, devido a previsões climatéricas impróprias para repastos ao relento , não é que chegámos ao dia e aguardava-nos   chuva e vento?
Mas, quando seria de esperar a malta em tristeza e desalento, todos encarámos esta festa com alegria, apesar do mau tempo. É um facto que quando a chuva apareceu, já estávamos um pouco em aceleração, motivados pelo cantar das garrafas do Ricardo e pela suavidade do nectar de predilecção, toda a gente apreciou com moderação…
Verificamos satisfeitos que, cada ano que passa, as nossas castas  sofrem um aprimoramento. Desde o "Bate Covas" do Sousa até às castas de vinhão puras do Professor Justo, é tudo tratado com talento. Branco ou tinto, verde ou maduro, há um dado que é seguro, mais cedo ou mais tarde, poderemos entrar em processo de avaliação porque depressa obteremos a certificação.
Para fazer face à crise financeira que teima em libertar-nos, a Direção do NAT pondera a possibilidade de se dedicar a outros ramos de actividade, tal o talento demonstrado por muitos sócios beneméritos que nos poderão render enormes créditos. Existem diversas hipóteses em carteira, desde abrir uma destilaria e vender o produto na feira, criar uma escola superior de enólogos, montar uma empresa para recolha de vidro (tal a quantidade de garrafas vazias…), criar uma divisão para trabalhar directamente com a PSP a testar protótipos em balões de controlo de álcool, etc.


A corrida de S.Pedro no dia seguinte, na Póvoa de Varzim, era o culminar deste dia festivaleiro. Como quem treina com afinco sempre quer ser  primeiro, o empenho demonstrado pelos nossos atletas foi demolidor. Não nos afeta o frio nem o calor nem qualquer outro tipo de dor. A maioria dos nossos atletas com o motor devidamente quitado na perfeição, a funcionar em sistema híbrido (branco e tinto) e sempre em potenciação, arrancaram para um resultado brilhante, onde bateram recordes em evolução constante.
Antes da bênção de S.Pedro...
Um amor inoxidável...
Alguns dos que acordaram a tempo para ir à prova...
Todos engaiolados...
Uma família unida...
Uma lebre de peso...
Sempre alegre....
Um final vitorioso...
Sou o maior, fui o 1º do NAT
Um casal afortunado...
A minha 1ª medalha...


RESULTADOS

FOTOS

Fotos Regionais de Pista